terça-feira, 12 de abril de 2011

Patagônia - Dia 31 - Bariloche

Data: 11/11/2007

A viagem para Bariloche foi tranqüila, a estrada é linda. O ônibus tinha dois andares e fomos em uma das primeiras filas do segundo andar, ou seja, visão panorâmica do caminho.

Chegamos na rodoviária às 15:30h, e pegamos um táxi para o centro por $7,00.

Como já havia comentado antes, nós subestimamos os gastos da viagem e nosso dinheiro vivo estava acabando então precisávamos pagar o hotel em Bariloche com cartão de crédito.


Não passou pela nossa cabeça levar a senha do cartão de crédito para poder sacar dinheiro.

Viajar pela Patagônia não é especialmente caro, especialmente se você ficar em albergues com quartos compartilhados, que não foi o nosso caso. Nossa única exigência em relação à hospedagem, é que fosse quarto duplo com banheiro privado. O que nos fez errar nas contas foi nossa experiência com a viagem anterior, um mochilão à Machu Picchu em 2004, onde tudo foi extremamente barato.

Voltando a Bariloche, eu havia escolhido pela internet um hotel bonitinho (www.hosteriasur.com.ar), com bom preço ($100,00), boa localização e que aceitava cartão de crédito e achei que por não ser temporada de ski, a cidade estaria vazia e não seria necessário reservar o hotel. Tolinha! O hotel estava sem cheio e só teria vaga para mais de 1 mês à frente.

Do outro lado da rua tinha um hotel e o Flávio foi lá ver. Tinha vaga e aceitava cartão, mas custava $180,00, um tanto mais do que gostaríamos. Resolvemos ir no posto de informações turísticas no Centro Cívico.

Eu estava com fome e frio, então a caminhada até lá com a mochila nas costas, apesar de curta, não foi exatamente agradável.

A funcionária do posto foi bastante simpática, e nos deu uma lista com as opções de hospedagem. Eu fiquei com as mochilas e o Flávio foi à caça de um hotel. Depois de um tempo que me pareceu uma eternidade ele voltou sem boas notícias. Então foi minha vez de procurar. Fui em vários hotéis que ou aceitava cartão e não tinha vaga (ou era caro) ou então tinha preço bom, vaga, mas não aceitava cartão.

Voltei de encontro ao Flávio desanimada. Mais uma vez fiquei com as mochilas e ele foi procurar hotel. Dessa vez voltou logo, dizendo que havia encontrado um. E claro, foi o primeiro que ele olhou, o Hotel Milan.

Centro de Informação Turística da Secretaria de Turismo no Centro Cívico

O Hotel Milan (www.hotelmilan.com.ar) é bem localizado, fica em frente à catedral de Bariloche. O quarto era grande e confortável, com bom café-da-manhã , e a diária era $180,00.

Depois de um bom banho e algum descanso, fomos dar uma voltinha na cidade. Jantarmos do restaurante Don Juan, que fica embaixo do Grand Hotel Bariloche (www.grandhotelbariloche.com/restaurant.htm).

O restaurante é bonitinho e a comida é boa, gostei muito. O jantar para duas pessoas saiu por $45,00.

4 comentários:

  1. Olá,

    Muito bom saber que quando pensar ir a Bariloche é sempre necessário uma reserva de hotel, mesmo fora da temporada de inverno, deu para notar a dificuldade pela qual vocês passaram mais no final ficou tudo resolvido, que bom.

    Adorei as fotos abraços,
    Verônica

    ResponderExcluir
  2. Oi Verônica,
    O problema foi que eu precisava pagar com cartão de crédito mas ao mesmo tempo não queria gastar muito. Se fosse para pagar em dinheiro, teria conseguido com mais facilidade. Ou então se estivesse disposta a gastar mais.
    Obrigada pela visita!
    Abraços,
    Paula

    ResponderExcluir
  3. Oi Paula,
    Adorei seu blog. Estou planejando uma viagem para agosto de 2012 para a Patagônia Argentina e Chilena, o problema é que não teremos mais do que 19 dias para realizá-la.
    Estou me orientando pela sua viagem, apesar de que alguns lugares e/ou passeios teremos que cortar( exemplo: o passeio pela Navimag e tb como não temos o seu espírito aventureiro, iremos somente fazer um tour de dia inteiro em Torre del Paines). Outra coisa que iremos fazer diferente é que de El Calafate a Ushuaia iremos fazer o percurso de avião.
    Gostaria muito de tirar algumas dúvidas. Seria possível vc me passar seu e-mail?

    ResponderExcluir
  4. Oi Luciana, o meu e-mail é paula_yahoo-viagem@yahoo.com.br. Bjs, Paula

    ResponderExcluir